quarta-feira, 11 de julho de 2018

Novidade na NASCAR, o ROVAL de Charlotte promete ser um sucesso!


Veja os vídeos:



<

     Conhecida em todo o mundo como uma pista inovadora pioneira, o Charlotte Motor Speedway inaugurou uma emocionante nova era na NASCAR com o histórico anúncio de programação da Bank of America 500 que será disputado no ROVAL de Charlotte no domingo, 30 de setembro de 2018.
Curiosidades:
    
A primeira corrida no circuíto foi da NASCAR nos 58 anos de existência do Charlotte Motor Speedway;
   
Foi aqui o evento final no Round 1 dos Playoffs da Monster Cup NASCAR Cup;
   
Será a primeira corrida de pista mista nos 14 anos de história dos Playoffs;
   
Será a primeira corrida do ROVAL do Charlotte Motor Speedway;
    Será a
primeira nova pista da programação da Monster Energy NASCAR Cup desde o Kentucky Speedway entrou no circuito em 2011.     O Charlotte Motor Speedway ROVAL é um novo e assustador circuíto de 13 curvas, incorporando parte do terreno interno e grande parte do icônico oval de 1,5 milhas de Charlotte, no qual os pilotos competirão em 500 quilômetros em 130 voltas.     "O Charlotte Motor Speedway sempre foi inovadora", disse Marcus Smith, presidente e diretor executivo da Speedway Motorsports, Inc. "Hospedando a primeira corrida de pista nas Playoffs da NASCAR, bem como o drama de fechar a primeira rodada dos playoffs" , significa que a tensão será alta e a competição será acirrada assim que a bandeira verde cair.
     Pilotos experientes incluindo Mario Andretti, Jeff Gordon, A.J. Allmendinger, Jeff Burton e Max Papis já experimentaram e testemunharam seu considerável potencial para entreter os fãs e desafiar os pilotos e as equipes.   "Os road courses são algo que eu espero ansiosamente durante a temporada", disse Kyle Busch, vencedor da corrida All-Star da Monster Energy na semana passada. "Corridas de rua são como umas férias para mim, porque não é algo que fazemos durante a semana, então eu apenas tento ir lá e me divertir com isso.     "Agora que temos o Charlotte ROVAL na programação, temos todo tipo de pista na nossa pós-temporada. Será interessante ver como isso acontece com um desafio completamente novo para os pilotos e equipes durante os Playoffs."
A Monster Energy NASCAR Cup Series e a NASCAR XFINITY Series competirão no Charlotte Motor Speedway ROVAL de sexta a domingo, de 28 a 30 de setembro de 2018.

Campeonato Gaúcho de Superturismo 2018!


Informativo Hotéis - 3ª etapa Endurance Brasil Tarumã - 18 à 21 de Julho


terça-feira, 3 de julho de 2018

Vitória de Chico Longo e Marcos Gomes no CHEVROLET ABSOLUTA 500 em Interlagos

Um grid de 42 potentes máquinas brilhou na segunda etapa da categoria neste sábado no mais badalado circuito do país

     A CHEVROLET ABSOLUTA 500 válida pela segunda etapa da Endurance Brasil, neste sábado em Interlagos foi um grande espetáculo. Desde a largada até as últimas voltas, as cinco categorias que compõem a competição tiveram belas disputas. No total, 42 carros formaram o grid da corrida que teve largada às 14h30 e uma chegada noturna emocionante na escuridão do autódromo Autódromo de Interlagos (SP), depois de quatro horas de prova e 140 voltas.


     Pela segunda vez na temporada, o primeiro carro a receber a bandeira quadriculada foi a Lamborghini Huracán #19 líder do campeonato de Chico Longo e Marcos Gomes. A disputa foi intensa pela primeira colocação nos minutos finais com a Mercedes AMG GT3 #09 de Xandy e Xandinho Negrão, que ficou em segundo lugar; e o Porsche 911 GT3R #70 de Marcel Visconde e Ricardo Maurício, que completaram o pódio na terceira colocação.


     “A Huracán GT3 é um carro fantástico e confiável de guiar, tem uma resistência muito boa. A estratégia de correr por um tempo mais longo foi fundamental e ajudou bastante para o resultado final, consegui realizar um ritmo bom com resistência”, explicando que na segunda parada nos boxes com duas horas de corrida recebeu o carro de Chico, na terceira posição.


     Com Gomes ao volante da Huracán GT3, o piloto iniciou a luta pela primeira posição e perto do final a briga ficou ainda mais intensa, faltando apenas 45 minutos para o término da etapa, ultrapassou o Porsche 911 GT3R #70 e ao final, após uma incansável disputa com a Mercedes AMG GT3 #09, que liderou por inúmeras voltas, conseguiu uma incrível ultrapassagem por fora no S do Senna. “Foi uma corrida incrível, complicada no início, mas com ritmo conseguimos alcançar os líderes com uma disputa forte. Estou muito contente e espero o próximo convite da equipe para correr com a Huracán GT3”, comentou Gomes.


     Segundo colocado Xandinho Negrão que pilotava na hora final da prova cravou uma disputa e defesa de posição eletrizante com Gomes. “Depois de quatro horas de corrida chegamos os três primeiros com sete segundos de diferença, e isso é muito legal, mostra o quanto estamos competitivos. Melhoramos bastante o carro para essa etapa, a ideia é conseguir melhorar ainda mais e disputar com a Lamborghini. Conseguimos liderar mais de 90% da corrida, então foi uma pena no final. Lutamos para manter a ponta, mas a visibilidade a noite também estava muito ruim, foi difícil conseguir nos mantermos na frente, pelo menos conseguimos segurar a Porsche que vinha logo atrás. Agora vamos trabalhar para a próxima etapa”, disse. “Eu achei ótimo, disputamos a liderança até o final em uma prova de quatro horas, e chegando os três (Mercedes, Lamborghini e Porsche) com poucos segundos de diferença, foi muito bom. Agora temos que desenvolver mais nosso carro para chegar mais perto da Lamborghini que esta rápida”, explicou Xandy. 


     Satisfeito, Visconde comentou a terceira colocação. “Foi uma corrida maravilhosa pelo resultado, pela diferença entre os três primeiros colocados depois de quatro horas e pela disputa muito respeitosa entre os três. As retas longas não são boas para nós, mas temos conjunto muito bom. Em traçados com menos retas, teremos mais competitividade. Meus dois stints foram muito regulares, sem incidentes. Em certo momento, tive uma briga boa com o Chico, ele acabou errando e herdei a posição dele. O resultado foi muito bom para o campeonato”, destacou. 

     Ricardo Mauricio também terminou satisfeito. “Nosso carro tem motor de 6 cilindros e competimos contra modelos com motores V8 e V10. Mesmo assim, houve um grande equilíbrio. No final da corrida, o pedal do freio ficou um pouco mais baixo porque este tipo de corrida exige muito dos freios. É difícil dizer se eu poderia passar o Mercedes no final: quando se chega atrás de um carro daquele tamanho, perde-se pressão aerodinâmica. Mas estou feliz”, completou.

     Na categoria P1, desde a classificação com dois AJR largando na primeira fila na geral a briga prometia ser bastante acirrada pela vitória, onde mais uma vez o Tubarão #05 de Tiel de Andrade e Julio Martini conquistou a vitória em uma irretocável estratégia de equipe e um grande trabalho dos dois pilotos, que ficaram em quarto na geral. A segunda posição ficou com o AJR #117 de Henrique Assunção, Fernando Fortes, Emílio Padron e Fernando Ohashi, que largaram na mesma posição. A terceira colocação foi paranaense com o Predador #35 de Jair e Duda Bana.

     Na classe P2, Mauro Kern e Paulo Sousa (Tubarão #32) foram os grandes destaques, seguidos pela dupla Cali Crestani e Fernando Stedile (Tornado #03), com o MRX #75 também do quarteto Assunção, Fortes, Padron e Ohashi na terceira posição.

     Na P3, os irmãos Gustavo e Rafael Simon (MRX #56) mais uma vez mostrando muita competência para conquistar a segunda vitória do ano. A segunda posição foi do Spyder #76 de Ricardo Furquim, José Magalhães e Cláudio Leone, com outro Spyder #79 de E. Oliveira e V.Penques na terceira colocação.

     Na categoria GT4, Audi RS3 conquistou sua primeira vitória com a dupla Henry Visconde e Márcio Basso. O resultado colocou Henry Visconde na liderança isolada do campeonato de pilotos da GT4. A segunda posição foi da Mercedes CLA AMG #63 de Sergio Ribas e Paulo Varassin, com a terceira colocação do Mitsubishi Lancer #777 de Marcos Scalamandré, Rodrigo Garcia e Ricardo Landi.

A próxima etapa do campeonato - a terceira do calendário - está marcada para o dia 21 de julho no circuito de Tarumã, no Rio Grande do Sul.

Resultado final da segunda etapa do Endurance Brasil 2018:

1) 19-Chico Longo/Marcos Gomes (Lamborghini Huracán), 140 voltas em 4h01:18.351
2) 9-Xandy Negrão/Xandinho Negrão (Mercedes-AMG GT3), a 6.717
3) 70-Marcel Visconde/Ricardo Mauricio (Porsche 911 GT3 R), a 7.157
4) 5-Tiel Andrade/Júlio Martini (MC Tubarão), a 11 voltas
5) 155-Peter Ferter/Ricardo Mendes (Ferrari), a 12 voltas
6) 117-Henrique Assunção/Emílio Padron/Fernando Fortes/Fernando Ohashi (AJR), a 12 voltas

sexta-feira, 29 de junho de 2018

Porsche bate o record de Nurburgring que já durava 35 anos com o 919 Hybrid Evo

      Nesta sexta-feira entre 9 e 10horas da manhã a Porsche estabeleu um novo record para o Inferno Verde de Nurburgring, andando na velocidade máxima de 369,4 km/h: 

     Veja a baixo a volta mais rápida de todos os tempos no Nordschleife.
     Ande com Timo Bernhard no #Porsche 919 Hybrid Evo e experimente os 20.832 quilômetros de Nürburgring Nordschleife a uma velocidade de tirar o fôlego.


O record anterior que parecia imbatível para os carros atuais a combustão era de Stefan Bellof com o Porsche 956 e já durava 35 anos

Veja o vídeo:



Grid da Endurance Brasil para a segunda etapa 2018 em Interlagos!


Classificatório

Results are not official
1 #88 C. KRAY/ V. ORIGE   P1
Best Lap Best Time Diff Gap
2 01:28.338

P1

2 #117 H. ASSUNCAO/E.PADRON/ F.FORTES/F. OHASHI   P1
Best Lap Best Time Diff Gap
2 01:29.805 1.467 1.467
P1

3 #19 C. LONGO/ M.GOMES   GT3
Best Lap Best Time Diff Gap
7 01:30.706 2.368 0.901
GT3

4 #37 S. TURVEY/ T. RIBERI   P1
Best Lap Best Time Diff Gap
2 01:31.530 3.192 0.824
P1

5 #26 O. SCHEER/ E.SCHEER   P1
Best Lap Best Time Diff Gap
4 01:31.641 3.303 0.111
P1

6 #9 X. NEGRAO/ XANDINHO   GT3
Best Lap Best Time Diff Gap
2 01:32.048 3.710 0.407
GT3

7 #70 M. VISCONDE/ R. MAURICIO   GT3
Best Lap Best Time Diff Gap
2 01:32.984 4.646 0.936
GT3

8 #5 T. ANDRADE/ J. MARTINI   P1
Best Lap Best Time Diff Gap
3 01:33.571 5.233 0.587
P1

9 #71 I. ELY/ D. CLAUDINO   P1
Best Lap Best Time Diff Gap
6 01:34.191 5.853 0.620
P1

10 #18 C. RICCI/F. POETA/ H.GIACOMELLO   P1
Best Lap Best Time Diff Gap
2 01:34.362 6.024 0.171
P1

11 #35 J. BANA/ D. BANA   P1
Best Lap Best Time Diff Gap
5 01:34.434 6.096 0.072
P1

12 #155 P.FERTER/ R.MENDES   GT3
Best Lap Best Time Diff Gap
3 01:36.770 8.432 2.336
GT3

13 #20 W. EBRAHIM/R.KREIS/ A.AMARAL   GT3
Best Lap Best Time Diff Gap
5 01:36.832 8.494 0.062
GT3

14 #65 N. RIBEIRO/ J. RIBEIRO   P1
Best Lap Best Time Diff Gap
3 01:37.049 8.711 0.217
P1

15 #75 H.ASSUNCAO/F.FORTES/ E.PADRON/F. OASHI   P2
Best Lap Best Time Diff Gap
3 01:39.621 11.283 2.572
P2

16 #146 R. PEREZ/J.CORDOVA/ M.KARAM   P1
Best Lap Best Time Diff Gap
4 01:40.797 12.459 1.176
P1

17 #72 C.ANTUNES F./ Y. ANTUNES   P2
Best Lap Best Time Diff Gap
8 01:41.113 12.775 0.316
P2

18 #32 P. SOUSA/ M. KERN   P2
Best Lap Best Time Diff Gap
2 01:41.918 13.580 0.805
P2

19 #151 S. PISTILI/ V. PINHEIRO   P3
Best Lap Best Time Diff Gap
6 01:42.027 13.689 0.109
P3

20 #56 G. SIMON/ R. SIMON   P3
Best Lap Best Time Diff Gap
7 01:42.739 14.401 0.712
P3

21 #43 G. TOMAZINI/ G. FREY   P3
Best Lap Best Time Diff Gap
2 01:43.422 15.084 0.683
P3

22 #25 N. FAUSTINI/N. DE SA/ A. RAMOS   P1
Best Lap Best Time Diff Gap
2 01:43.643 15.305 0.221
P1

23 #78 L. FINOTTI/ F. PASQUALE   P1
Best Lap Best Time Diff Gap
3 01:44.665 16.327 1.022
P1

24 #888 A. CARRILLO/ R. CORBISIER   GT4
Best Lap Best Time Diff Gap
6 01:44.962 16.624 0.297
GT4

25 #3 C. CRESTANI/ F. STEDILLE   P2
Best Lap Best Time Diff Gap
6 01:45.082 16.744 0.120
P2

26 #64 H. VISCONDE/ M.BASSO   GT4
Best Lap Best Time Diff Gap
5 01:45.585 17.247 0.503
GT4

27 #89 R. STUMPF/ M. STUMPF   P2
Best Lap Best Time Diff Gap
4 01:47.413 19.075 1.828
P2

28 #47 J.SOARES/ E.SOARES   GT4
Best Lap Best Time Diff Gap
3 01:48.297 19.959 0.884
GT4

29 #63 S. RIBAS/ P.VARASSIN   GT4
Best Lap Best Time Diff Gap
3 01:48.560 20.222 0.263
GT4

30 #199 R.LEMKE/ M. LEMKE   GT4
Best Lap Best Time Diff Gap
2 01:51.443 23.105 2.883
GT4

31 #777 M. SCALAMANDRE/ R.GARCIA/R.LANDI   GT4
Best Lap Best Time Diff Gap
3 01:53.252 24.914 1.809
GT4

32 #100 R. ROSSATI/ R. RENA   GT4
Best Lap Best Time Diff Gap
2 01:54.474 26.136 1.222
GT4

33 #91 J. MACHADO/ C.MACHADO   GT4
Best Lap Best Time Diff Gap
1 01:59.697 31.359 5.223
GT4

34 #79 E.OLIVEIRA/ V.PENQUES   P3
Best Lap Best Time Diff Gap
6 02:01.143 32.805 1.446
P3

35 #77 P. TOTARO/M. ALDREDO/ S. CARDOSO   P3
Best Lap Best Time Diff Gap
3 02:02.387 34.049 1.244
P3

36 #76 R.FURQUIM/J.MAGALHAES/ J.P.MAGALHAES   P3
Best Lap Best Time Diff Gap
6 02:03.123 34.785 0.736
P3

37 #74 J. TINOCO/E.COLAMARINO/ W. CARVALHO   P3
Best Lap Best Time Diff Gap
6 02:05.226 36.888 2.103
P3

38 #73 A. CIGNETTI   P3
Best Lap Best Time Diff Gap
4 02:08.267 39.929 3.041
P3

Results are not official

quinta-feira, 28 de junho de 2018

Campeonato Gaúcho de Superturismo - 2H Guapore compacto 30 minutos


Veja o vídeo:

Endurance Brasil desembarca em Interlagos para a segunda edição da CHEVROLET ABSOLUTA 500

Prova que acontece neste final de semana é válida pela segunda etapa do campeonato, que reúne um grid de potentes máquinas



     Depois de um hiato de exatamente um mês a Endurance Brasil volta à pista e, dessa vez, desembarca em Interlagos, para a disputa da 2ª edição da CHEVROLET ABSOLUTA 500 prova válida pela segunda etapa da temporada. 

     A prova promete! Com a previsão de um grid de mais de 30 carros com potentes máquinas entre protótipos e GTs prometem uma disputa acirrada no mais badalado circuito brasileiro, entre as cinco categorias.


     Na liderança do campeonato a Lamborghini Huracán GT3, que venceu, a primeira etapa em Curitiba, terá Chico Longo dividindo o carro com o campeão da Stock Car 2015 Marcos Gomes. A categoria GT3 tem ainda duplas experientes e de destaque no automobilismo, os atuais campeões da categoria Marcel Visconde e o bicampeão da Stock Car Ricardo Maurício com o Porsche 911 GT3 R #70, Xandy e Xandinho Negrão com a Mercedes AMG GT3 #09, e os irmãos Fabio e Wagner Ebrahim com o Audi R8 LMS #20.

     A categoria P1, que inclui potentes protótipos, promete fazer frente aos “carrões” e brigar pela vitória da prova. Pole em Curitiba, o AJR #88 do atual campeão Brasileiro de Marcas, Vicente Orige, que tem como companheiros Carlos Kray e David Muffato, além do multicampeão Tubarão #05 de Tiel de Andrade e Julio Martini, líderes da categoria; outros nomes fortes entram nessa disputa como o MCR Lambo #18, que tem o trio Cláudio Ricci, Fernando Poeta e Humberto Giacomello na disputa.


     A GT4 é outra categoria que brilha na Endurance Brasil, e nessa etapa terá a reedição da dupla Henry Visconde e Marcio Basso, a bordo do Audi RS3 LMS #64, e a estreia do a Mercedes CLA AMG #63 com Sergio Ribas dividindo o comando do carro com Paulo Varassin.

     Na P2, a liderança é de Cali Crestani e Fernando Stedile (Tornado #03) seguidos de Henrique Assunção, Fernando Ohashi, Fernando Fortes e Emílio Padron (MRX #75). Quem domina a competição na categoria P3 são os irmãos Gustavo e Rafael Simon (MRX #56)
Diretor da Chevrolet Absoluta e também piloto da categoria, Ney Faustini diz que ter a prova do Endurance Brasil em São Paulo, no Autódromo de Interlagos, dá uma maior dimensão ao campeonato, que é o que mais cresce no país, e a chegada de novos e modernos protótipos somado a importação de carros da GT3, de última geração, conferem importância única ao evento. “A oportunidade de nomear a prova, como CHEVROLET ABSOLUTA 500, pelo segundo ano consecutivo, já era um anseio pessoal nosso, e que ficou ainda mais valorizado, quando vimos à possibilidade de trazer mais público a prova, o que iria colaborar para a finalidade social e filantrópica da nossa Associação de Pilotos”, destacou.


     “Aliado a isso, correr no nosso autódromo sede, dividindo um carro que estamos desenvolvendo com meu filho, me dá uma satisfação muito grande. Agora, estamos ansiosos pelos resultados da prova, principalmente, com relação ao público e ao retorno que possamos dar ao Instituto Ingo Hoffmann. Quanto ao público que comparecer a prova tenho certeza que ficará satisfeito com o que vai assistir, pela qualidade e velocidade dos carros, e pelo alto nível dos pilotos”, salientou.

     A prova é promovida pela APE – Associação de Pilotos de Endurance e tem o apoio da Stuttgart Porsche, com quatro etapas do campeonato acontecendo em programação conjunta com eventos do Porsche Club Brasil, inclusive neste final de semana.

INGRESSOS ARQUIBANCADA
OS ingressos de arquibancada da CHEVROLET ABSOLUTA 500 é 1kg de alimento não perecível ou um agasalho, que serão doados ao Instituto Ingo Hoffmann.

Confiram a programação da CHEVROLET ABSOLUTA 500

Quinta-feira – 28 de junho
13h às 18h – Treino livre

Sexta-feira – 29 de junho
Vistoria técnica das 9h às 15h
8h às 8h45 – Treino livre todas as categorias
9h às 9h45 - Treino livre todas as categorias
10h às 11h – Treino livre todas as categorias
13h15 às 13h40 – P2, P3 e GT4
14h15 às 15h – P1 e GT3
15h30 às 15h45 – Classificação P2 e P3
16h às 16h15 – Classificação GT3 e GT4
16h30 às 16h45 – Classificação P1
18h às 19h – Treino livre noturno
19h15 – Briefing pilotos

 Sábado – 30 de junho
Vistoria técnica das 8h às 11h (indumentária pilotos e equipes e tanques de abastecimento)
10h45 às 11h15 – Warm-up
14h30 às 18h30 – Largada Corrida
18h40 – Pódio Endurance Brasil

Autódromo de Tarumã TREINO LIVRE - 30/06


Informamos que haverá treino livre neste sábado, dia 30 de junho de 2018 das 10h às 18h.

Treino Gratuito para sócios em dia.
- Taxa de R$560,00 para não sócio.
- Taxa de R$560,00 para sócio em atraso (reverte em 2 mensalidades).
 Para consultar disponibilidade de treinos em dia de semana entre em contato no fone: (51) 3485-1510.

Secretaria - Autódromo de Tarumã
             (51) 3485-1510

terça-feira, 26 de junho de 2018

Copa Classic deu show no Velopark, com pista molhada e seca!


Com dezessete carros inscritos, os "velhozes e furiosos" do Campeonato Gaúcho de Copa Classic deram um show de disputas no Autódromo Internacional Velopark, neste domingo.


    A tomada de tempo e a primeira bateria foram realizadas com pista molhada, devido às chuvas da madrugada e do início da manhã. Já a segunda bateria foi realizada já com piso seco, após a chuva cessar no final da manhã.
 

    E os vencedores foram: Paulo Weber/Sérgio Rocha (Voyage #7, classe FL e geral), Anderson Baggio/Niltão Amaral (Voyage #88, classe C), Henrique Link/Ricardo di Leone (Voyage #322, classe B) e Moacir Fighera (Copa Fusca A).
 


 

     A próxima etapa será realizada no dia 12 de agosto, no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul.

Fotos: Cesar Luz/Copa Classic/Divulgação e Paolo Reis

Resultado final:
Pos No. Nome        Classe
1 7 P WEBER / S ROCHA CLASSIC FL
2 71 Giuliano GIACOMAZZI CLASSIC FL
3 322 H LINK / R DI LEONE CLASSIC B
4 19 J TASCHETTO / D RECK Jr CLASSIC B
5 88 A BAGGIO / N AMARAL CLASSIC C
6 8 Moacir FIGHERA FUSCA A
7 67 Gilmar CARLASSARA CLASSIC B
8 95 E BRUM / E BRAZ CLASSIC C
9 14 Paulo FONTES CLASSIC B
10 6 Gerson LOPES CLASSIC FL
11 48 S ROCHA / C VIANNA CLASSIC B
12 90 Jose Paulo Maduell         CLASSIC B
13 69 Fernando BROCK CLASSIC B
14 555 Paulo BARRETO CLASSIC FL
15 39 Cleiton KRAUSE CLASSIC C
16 169 Adriano BAGÉ Soares CLASSIC FL